Dentro do bunker da Wikileaks

Padrão

Como se de um filme do James Bond se tratasse, este é o surpreendente bunker da Wikileaks

Texto original de Michael Hanlon

Com uma vida pessoal conotada como excêntrica e um ar de mistério, o fundador da Wikileaks, Julian Assange parece estar completamente empenhado em parecer um vilão do género de James Bond .
A prova disso é a escolha que ele fez do local para armazenar os back-ups dos milhares de e-mails e documentos confidenciais que abalaram o mundo.

As fotos que se seguem mostram o centro de dados Pionen, a mais de trinta metros abaixo da superfície, num antigo bunker nuclear do tempo da guerra fria..
É dentro desta fortaleza que todos os arquivos da Wikileaks estão a ser mantidos.

Centro nevrálgico : Super-servidores mantêem os ficheiros de muitas empresas e armazenam também os arquivos secretos da Wikileaks.

Motores de submarinos são usados como geradores de emergência no provedor de serviços Internet Bahnhof, em Estocolmo na Suécia

A enorme caverna, perfurada no granito sob o parque Berg Vita, em Estocolmo, abriga dezenas de servidores de computadores usados no armazenamento por muitas empresas
Completa, a caverna, dispõe de uma sala de conferências “flutuante”, corredores de vidro suspenso, um piso de paisagem lunar, móveis de design, e até, curiosamente, os motores de submarinos alemães usados como geradores de emergência.
De tudo,  o que está em falta a Assange é uma aparência despigmentada e um gato branco para acariciar.
O bunker em desuso, foi reaberto em 2008 com um design futurista, fruto da imaginação do arquiteto sueco Albert France-Lanord, que se inspirou na personagem do Bond criado por Sir Kenneth Adams.

O aspecto bruto do ambiente é suavizado por plantas mantidas vivas com uma iluminação brilhante que simula os raios solares e quedas de água artificiais.

Apesar de foragido das autoridades suecas e americanas, Assange manteve esta base segura para os seus arquivos.

Recepção arrepiante: O bunker, perfurado no granito sob o parque Berg Vita, poderia resistir a um ataque nuclear.


Vida vegetal : Escritórios de aparência lunar, pisos e corredores de vidro e uma sala de conferências ” flutuante”.
O fundador da Wikileaks, Julian Assenge.
A Wikileaks foi organizada pela vendedora retalhista de internet, Amazon , mas acabou por ser expulsa da mesma na sequência de pressões intensas feitas por políticos americanos.

Assange foi então obrigado a usar uma empresa francesa de onde também foi expulso.

Como resultado, a Wikileaks criou inúmeros “nomes de domínio” em dezenas de países, cada um ligado com a que mantém as cópias dos arquivos originais.

Assange voltou para a Suécia porque as leis do país são das melhores do mundo para proteger o trabalho dos defensores da liberdade de expressão.

Segundo a lei sueca, a Wikileaks não pode ser processada nem quem lhe passar informações.

A Wikileaks é financiada por uma mistura de doações públicas, patronos ricos e, tanto quanto se pode dizer, um pouco pelo próprio Assange.

Mas, o custo do armazenamento será muito pouco porque, apesar da equipa de Assange ter lançado vários milhões de documentos, em termos de dados, isso não equivale a uma grande quantidade.

Tudo o que a Wikileaks tem na sua posse, poderia provavelmente ser rmazenado num cartão de memória de grande capacidade.

Ño entanto, colocá-la sob a confiança deste aparato, é tudo o que qualquer vilão Bond que se preze, se orgulha.

O enorme ego de Julian Assenge deve estar muito agradado.

 

Entre rocha sólida fica a entrada para a unidade de armazenamento Pionen de alta segurança do computador

Inspiração ? Bond vilão Hugo Drax, interpretado por Michael Ironside, no filme Moonraker 1979.



Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s