Monthly Archives: Março 2011

Doutoramento Honoris Causa

Padrão

Doutoramento Honoris Causa
” Por causa da Honra “

O doutoramento Honoris Causa é concedido por universidades a pessoas eminientes que não têm necessáriamente de serem portadoras de diploma universitário mas que se tenham destacado em em determinada área (artes, ciências, filosofia, letras, promoção da paz, de causas humanitárias, etc), por sua boa reputação, virtude, mérito ou ações de serviço que transcendam famílias, pessoas ou instituições.

Historicamente um Doutor honoris causa (ou Doctor honoris causa) recebe o mesmo tratamento e privilégios que aqueles que obtiveram um doutorado acadêmico de forma convencional – a menos que se especifique o contrário.

A pessoa que recebe o título de “doutor honoris causa” pode usar a abreviação “Dr. h. c.”.

Caso já tenha um título de doutorado acadêmico, poderá utilizar a abreviação “Dr. Dr. h. c.”.

A pessoa honrada com mais de um título de doutor honoris causa, poderá usar a abreviação “Dr. h. c. mult.” (Doutor honoris causa multiplex).

Vem esta explicação a propósito do recente doutoramento do ex-presidente do Brasil, Luís Inácio Lula da Silva que muitos consideram inculto e analfabeto, por isso, não merecedor de tal título.

Quem assim pensa não sabe o real significado das palavras ” Honoris Causa” mas com , a explicação dada acima já deve ter percebido que não se chega a doutor quem apenas conseguiu um diploma universitário mas, também quem, com as suas acções, a sua reputação, virtude ou mérito alcançou grandes feitos em proll de famílias, pessoas ou instituições.

Lula da Silva em todo o seu tempo de governação imprimiu um grande dinamismo às relações Sul-Sul e conduziu uma política externa apostada em promover, à escala global, a luta contra a pobreza e a promoção do desenvolvimento econômico e da equidade social e tornou-se mesmo um grande exemplo para toda a América Latina.

Este, foi essencialmente o motivo porque a Universidade de Coimbra decidiu distingui-lo com o referido doutoramento.

Concorde ou não com ele, caro leitor, não julgue mais sem justa causa.

Agora sabe o que significa Honoris Causa.

Até breve!

Arqueologia: Podem estes códices serem "a grande descoberta da história cristã?

Padrão

 

Arqueólogos britânicos estão a tentar autenticar o que poderá ser uma descoberta marcante na documentação do início do cristianismo: um tesouro de 70 códices de chumbo que parece datar do primeiro século DC, que podem incluir pistas chave para os últimos dias da vida de Jesus. Como o repórter britânico do Daily Mail, Fiona Macrae escreve, alguns pesquisadores sugerem que este poderia ser o mais importante achado em arqueologia cristã desde os pergaminhos do Mar Morto, em 1947.

Os códices apareceram há cinco anos numa caverna remota no leste da Jordânia, uma região onde os primeiros cristãos podem ter fugido após a destruição do Templo de Jerusalém em 70 DC. Os códices são compostos de páginas perfuradas individuais, cada uma do tamanho aproximado de um cartão de crédito. Eles contêm uma série de imagens e alusões textuais para o Messias, bem como algumas possíveis referências à crucificação e ressurreição. Alguns dos códices foram fechados, provocando especulações ainda mais expectantes que poderiam incluir o livro selado, mostrado apenas para o Messias, mencionado no livro do Apocalipse. Uma das poucas frases traduzidas, até agora, a partir dos textos, de acordo com a BBC, diz: “Vou andar em rectidão” – uma frase que também aparece no Apocalipse. “Embora pudesse ser simplesmente um sentimento comum no judaísmo”, o escritor BBC Robert Pigott notas “, que poderia aqui ser concebido para se referir à ressurreição.”

Mas o campo da arqueologia bíblica é também vítima de muitas fraudes e empreendedores falsificadores, pelo que os investigadores estão a proceder com empírica cautela. Pesquisa metalúrgica inicial indica que os códices são cerca de 2.000 anos – ” especialistas acreditam que seria impossível forjar artificialmente”, baseado na forma de corrosão a que foram submetidos, como escreve Macrae.

Além dos testes iniciais de datamento, no entanto, pouco se confirmou sobre os códices ou o que eles contêm. E a saga da sua descoberta já desencadeou uma batalha sobre os direitos de propriedade entre Israel e a Jordânia. Como Pigott da BBC relata, o conflito surgiu quando um beduíno jordaniano viu uma minora, o candleabra religioso judaico-exposto na sequência de uma inundação. Mas os códices de alguma forma passaram para a posse de um beduíno israelense chamado Hassam Saeda, que afirma que se encontravam na posse da sua família durante os últimos 100 anos. O governo jordaniano comprometeu-se a “exercer todos os esforços e a todos os níveis”para receber as relíquias de valor inestimável potencialmente devolvidos, relato de Pigott.

Enquanto isso, os estudiosos bíblicos que examinaram os códices apontam evidências textuais significativas, sugerindo a sua origem cristã. Philip Davies, professor emérito de Estudos do Antigo Testamento da Universidade de Sheffield, disse a Pigott ele estava “sem palavras” ao ver as placas que representa um mapa de imagem da Jerusalém antiga. “Há uma cruz em primeiro plano, e por trás dele é o que tem de ser o túmulo [de Jesus], um pequeno edifício com uma abertura, e por trás que as paredes da cidade”, explicou Davies. “Há paredes retratada em outras páginas desses livros, também, e eles certamente se referem a Jerusalém.”

David Elkington, um estudioso da religião antiga que lidera a equipe de pesquisa britânica que investiga o achado, pronunciou igualmente que esta era nada menos que “a maior descoberta da história cristã.” Elkington disse ao Daily Mail que “é um pensamento de tirar o fôlego que temos mantido esses objetos que poderiam ter sido realizadas pelos santos nos primórdios da Igreja.”



Ainda assim, outros estudantes da história cristã estão a pedir cautela, citando precedentes, como a descoberta num bunker, de um ossário que podia conter os ossos de Jesus. Estudioso do Novo Testamento Larry Hurtado observou que, como estes códices são em miniaturas, eles provavelmente foram destinados a particulares, ao invés do uso liturgico. Este seria provavelmente o local de sua data de origem mais próximo do terceiro século EC. Mas só mais investigação e tradução integral dos códices podem confirmar plenamente a natureza da descoberta. A maior lição aqui é provável que seja a de Eccliastes 03:01-Seja paciente, uma vez que “para tudo há um tempo.”

(Elkington David Recursos / Rex Rex EUA /)

Busca por Genomas Extraterrestres (SETG).

Padrão
Conheça o projeto Busca por Genomas Extraterrestres (SETG)

Descendentes do planeta vermelho, ou vice-versa

Categoria: EXOBIOLOGIA | EXOZOOLOGIA | MARTE | PESQUISA

 

Image00111

Inicia-se a Busca por Genoma Extraterrestre (SETG). Crédito: JPL/NASA

 

Conforme muitos pesquisadores, é concebível que toda a vida na Terra descenda de organismos que se originaram em Marte e foram trazidos aqui para a Terra a bordo de meteoritos. Se isso for verdade, um instrumento que está sendo desenvolvido por pesquisadores do Massachusetts Institute of Technology (MIT) e da Universidade de Harvard poderia fornecer as provas.

A fim de detectar sinais de vida passada ou presente no planeta vermelho – se for de fato verdade que nós somos parentes – uma estratégia promissora seria procurar por DNA ou RNA, mais especificamente pelas seqüências particulares destas moléculas que são quase universais em todas as formas de vida terrestre. Essa é a estratégia que está sendo adotada por Christopher Carr, Clarissa Lui, Maria Zuber e Ruvkun Gary, este último um biólogo molecular que concebeu o instrumento e montou a equipe inicial para fabricá-lo.

O conceito foi batizado de Busca por Genomas Extraterrestres [Search for Extra-Terrestrial Genomes, SETG]. A idéia é baseada em vários fatos que já estão bem estabelecidos. Em primeiro lugar, nos primórdios do Sistema Solar, o clima de Marte e da Terra eram muito mais semelhantes do que agora – assim, a vida que tomou conta de um planeta poderia provavelmente ter sobrevivido no outro. Em segundo lugar, cerca de um bilhão de toneladas de rocha já teria viajado de lá para a Terra, arrancadas por impactos de asteróides e, em seguida, viajado através do espaço interplanetário antes de se chocar com a nossa superfície. Terceiro, os micróbios têm-se mostrado capazes de sobreviver ao choque de tais impactos e há alguns indícios de que eles também poderiam sobreviver por milhares de anos de trânsito pelo espaço antes de chegar a um outro planeta [Leia Bactérias sobrevivem 553 dias no espaço].

Assim, os vários passos necessários para que a vida comece em um planeta e se espalhe para outros são todos plausíveis. Além disso, a dinâmica orbital mostra que é aproximadamente 100 vezes mais fácil para as rochas de Marte viajarem para a Terra do que o contrário. Então, se a vida começou lá, os micróbios podem ter sido trazidos para cá e podemos ser todos seus descendentes [Leia Povos indígenas norte-americanos afirmam que somos descendentes de Marte e Dois planetas e uma órbita em comum podem comprovar teoria de formação da Lua].

Se somos descendentes de Marte, então pode haver lições importantes a serem aprendidas lá sobre a nossa própria origem biológica, por meio do estudo da bioquímica do nosso planeta vizinho – os traços biológicos que se apagaram há muito tempo por aqui podem ter sido preservados nas profundezas congeladas do planeta vermelho. O dispositivo que os pesquisadores estão projetando recolheria amostras do solo marciano e isolaria quaisquer micróbios vivos que possam estar presentes, ou mesmo restos microbianos, que podem ser preservados por até um milhão de anos e ainda conterem DNA viável.

Em seguida, o material genético seria separado para que técnicas bioquímicas padrão pudessem ser utilizadas para analisar suas seqüências genéticas

 

Leia matéria completa no Portal da Ufologia Brasileira, link: http://www.ufo.com.br/noticias/conheca-o-projeto-busca-por-genomas-extraterrestres-setg

Paulo R. Poian.

Coordenação Portal da Ufologia Brasileira www.ufo.com.br

Consultor da Revista UFO Brasil www.ufo.com.br

Blog: http://www.ufo.com.br/blog/paulopoian   

 

COMO AS RECENTES LABAREDAS SOLARES ESTÃO AFETANDO OS SERES HUMANOS

Padrão


Por Heather Carlini
Fevereiro de 2011.
No site CarliniInstitute
 

Recentemente estamos experimentando uma quantidade enorme de atividade no Sol, o que está afetando tanto a Terra quanto os seres humanos.

Que é exatamente uma erupção (labareda) solar e como nos afeta ?
Uma erupção solar é uma tempestade magnética no Sol, que aparece como um ponto muito brilhante e uma erupção gasosa na superfície, tal como a fotografia acima. As labaredas solares liberam enormes quantidades de partículas de alta energia e gases que são tremendamente quentes.
São lançadas a milhares de quilômetros da superfície do Sol.
Segundo Mitch Battros – no site Cambios em La Tierra, “Uma das melhores profecias/predições conhecidas de nossos anciãos maias é a mensagem de uma mudança de paradigma de nossa era.

 

Nas palavras dos maias, se diz que agora estamos em uma época de “mudança e conflito”.


A mudança está chegando do “exterior” em forma de mudanças climáticas, fenômenos naturais, distúrbios celestes (labaredas solares) e traumatismos auto-infligidos, causados pelo homem.
O conflito vem desde o “interior” em forma de desafio pessoal, dor, confusão, depressão ansiedade e medo. Diz-se que estamos “na encruzilhada”. Um tempo para escolher um novo caminho, decidindo sobre uma nova direção individual e da comunidade, aventurando-nos no desconhecido, encontrando nossa verdadeira identidade do Ser.
Outros optarão por ficar no mesmo caminho, ficar com o conhecido e fazer um grande esforço para manter a “previsibilidade”.”
Um estudo recente publicado na revista New Scientist, indica uma conexão direta entre as tempestades solares do Sol e o efeito biológico humano.
O canal que facilita às partículas carregadas do Sol perturbar os humanos é o mesmíssimo canal que dirige o clima da Terra através do campo magnético terrestre, e também através dos campos magnéticos que circundam os humanos.
As recentes tempestades geomagnéticas estão causando os últimos acontecimentos nas mudanças terrestres, em forma de terremotos, erupções vulcânicas, furacões, tornados e tempestades de vento.

A ATIVIDADE GEOMAGNÉTICA DO SOL INFLUI EM NOSSOS PENSAMENTOS
É sabido que a atividade solar influi na consciência humana.
As labaredas solares afetam:
– O sistema nervoso central (revestimento do estomago)
– toda atividade do cérebro (incluindo o equilíbrio)
– junto ao comportamento humano e todas as respostas psico-fisiológicas (mental-emocional-fisica)

As labaredas solares podem nos causar os seguintes sintomas:

 
– nervosismo
– ansiedade
– preocupação
– enjôos (como nas viagens por mar )
-instabilidade
– tremores
– irritabilidade
– letargia
– esgotamento
– problemas de memória a curto prazo e palpitações do coração
– náuseas
– intranqüilidade
– pressão prolongada e dores na cabeça

Você teve ultimamente alguns destes sintomas ?

 
As labaredas solares e as ondas de fótons estão mudando a trama de nossa realidade física, uma vez que tem um poderoso efeito em nosso nível físico celular, causando o despertar e conhecimento de nossa memória celular.
Frequentemente experimentamos isto como se o corpo estivesse se aquecendo em um calor intenso.
Nossas emoções são energias de baixa freqüência armazenada em nossas células como experiências passadas e traumas que tivemos e nunca foram assimilados – pelo que são armazenados como memória celular. A energia fotônica é uma energia de freqüência muito mais alta que eleva a freqüência emocional mais baixa, de maneira que se possa trazê-la a uma freqüência mais alta… Portanto, encontramos a nós mesmos liberando estas baixas emoções como a tristeza e a dor sem saber porque.
Isso terá uma duração de uns 20 minutos e ficamos nos perguntando de onde vieram estes sentimentos, sem aviso, do nada. Os elementos de nossa planilha estão interconectados na consciência celular e quando a planilha é amplificada através de energias de fótons, diversos elementos dela se filtram para a consciência e começamos a recordar nosso verdadeiro propósito.
Somos impulsionados ou pressionados a fazer mudanças em nossa vida mas não nos damos conta do porquê.
O fato interessante a respeito desta energia é que, apesar de uma freqüência mais alta, ela cria o poder de manifestação instantânea de nossos pensamentos, o que significa que, seja lá o que pensemos, criamos no mesmo instante. Isto nunca havia ocorrido antes em nossos lapsos de vida e é por isso que muitas pessoas estão escrevendo livros sobre o tema do “Poder de Atração”.
A energia fotônica se liga a nossos pensamentos, pelo que é importante que saibamos o que queremos pois, do contrário vamos criar mais daquilo que não queremos.
Se você está no processo de mudança e transformação, esta energia funciona bem para você.
Por outro lado, se você está agarrado ao passado através da vitimização e da ira, você simplesmente manifestará mais razões para permanecer agarrado à vitimização, até que esteja pronto para liberá-la.
Nota: Os textos antigos nos dizem que olhemos para os céus, já que estes criaram o catalisador que poderia provocar uma mudança na Terra nestes tempos.
OS EFEITOS DE RECENTES LABAREDAS SOLARES
Muita gente atualmente se sente agitada e inquieta.
As labaredas solares podem romper os velhos padrões que já não são necessários, para que possam surgir os novos. Isto pode fazer-nos sentir agitados e esgotados ao mesmo tempo. Também pode causar estragos com a tecnologia, nos computadores.
Temos começado a notar muitos sintomas novos:

– o tempo e o espaço estão começando a cambalear ainda mais erraticamente do que antes.
– parece que estamos perdendo facilmente a noção do tempo
– perdemos as palavras quando estamos falando
– o dia simplesmente desaparece
– não estamos dormindo muito bem… outra vez
– damos um monte de voltas na cama durante a noite e muitos estão tendo sonhos estranhos
– estamos sentindo que surge uma enorme energia no corpo, seguida de grandes baixas de energia
– recebemos muitas notícias de náuseas e dores no corpo, mal-estar e enjôo (como a bordo)
– muitos sentem uma profunda dor
– alguns sentem como se estivessem caminhando sobre a água (sem razão aparente)
– outros disseram que quando fechavam os olhos à noite, tudo estava girando
– foram produzidos:
_ alterações visuais
_ problemas no ouvido interno
_ zumbido nos ouvidos
_ problemas na tireóide e garganta
_ pés frios
_ até um sintoma raro de secura na língua

 
Você tem experimentado alguns destes problemas ?
Não há o que temer… somente esteja consciente do que isso é e descanse mais e beba muita água.
Isto também passará ..

Traduzido do espanhol por Lélia Zanfranceshi para Anjo de Luz

 

Uma nova era do gelo é fato

Padrão

Uma nova era do gelo é fato

Os dados de satélite mais recentes demonstram que a Corrente do Atlântico Norte (também chamado de deriva do Atlântico Norte ) e a corrente da Noruega não existem mais. Estas duas correntes de água quente são realmente parte do mesmo sistema que tem vários nomes , dependendo de onde no Oceano Atlântico está. Todo o sistema é uma parte fundamental do sistema de regulamentação de calor do planeta , é o que mantém a Irlanda e o Reino Unido, livres de gelo e também os países da Escandinávia,, é o que mantém todo o mundo longe de outra Idade do Gelo . Este sistema de circulação termoalina (refere-se à circulação oceânica global movida pelas diferenças de densidade das águas dos oceanos devidas a variações de temperatura ou salinidade em alguma região oceânica superficial), está agora morta nesses lugares e em outros a morrer.

Este “rio” de água quente que se move através do Oceano Atlântico é chamado, em vários lugares , o Atlântico Sul atual , o norte do Brasil atual , o atual Caribe, a atual Yucatan , o atual Ciclo, a atual Florida, a Corrente do Golfo , a Corrente do Atlântico Norte (ou Deriva do Atlântico Norte ) e na Noruega atual .

Numa experiência de física de nível universitário, você pode numa banheira, colocar um balde de água fria e injetar um fluxo de cor de água quente nele. Você pode ver os limites de camadas do fluxo de água quente. Se você adicionar óleo na banheira, verá que se rompe os limites de camadas do fluxo de água quente e efetivamente destrói a vorticidade atual. Isto é o que está acontecendo no Golfo do México e no Oceano Atlântico.

Todo o rio ” de água quente ” que flui do Caribe para as bordas da Europa Ocidental está a morrer devido à COREXIT que a Administração Obama permitiu BP usar para esconder a dimensão do derramamento de petróleo da Horizon Deepwater . A cerca de dois milhões de litros de COREXIT , além de vários milhões de litros de dispersantes , têm causado mais de duzentos milhões de galões de petróleo bruto, que jorrou durante meses a partir do cabeçote BP e sítios vizinhos , principalmente para afundar ao fundo do oceano . Isto tem ajudado a esconder eficazmente a maior parte do petróleo, com a esperança de que a BP possa reduzir drasticamente as multas do desastre do petróleo. No entanto, não há nenhuma maneira atual de forma eficaz de “limpar” o fundo do Golfo do México , que é cerca de metade coberta de óleo bruto. Além disso , o óleo fluiu até a Costa Leste da América do Norte e no Oceano Atlântico, e não há nenhuma maneira eficaz para limpar este ‘ fundo do mar de petróleo “. É provável , com base em inúmeros relatórios , que o óleo ainda está fluindo em grandes quantidades a partir de vários locais no chão do fundo do mar. Isso efetivamente significa que mesmo que tivéssemos a tecnologia no lugar de alguma forma limpar o livre fluxo do petróleo bruto de espessura no fundo do oceano , ele provavelmente não será suficiente para reverter os danos causados ao sistema de circulação termoalina no Oceano Atlântico.

Com base de dados em seis satélites de maio a junho de 2010, foi comprovado que que a corrente do golfo havia sido interrompida , perdeu velocidade e energia, com uma queda de 10 graus Celsius da temperatura do oceano. O Dr. Zangari, afirma que este não é o efeito borboleta , mas o efeito de elefante , e com a quantidade de óleo liberada, o sistema natural como o marcapasso ligado ao clima do mundo há milhões de anos , desapareceu. A conclusão do Dr Zangari é que a glaciação está acontecendo num ritmo desconhecido é inevitável (ou seja, uma nova era do gelo

Quase um mês atrás, nós quebramos a história de que o atual Loop no Golfo do México efetivamente morreu. Citamos Gianluizi Dr. Zangari , que descobriu os danos ao sistema de circulação termohalina :

A enorme quantidade de petróleo bruto, sempre em expansão em volume e cobrindo uma área enorme, afetou gravemente o sistema de termo regulação de todo o planeta, quebrando até os limites de camadas do fluxo de água quente. A atual corrente no Golfo do México deixou de existir há um mês, os últimos dados de satélite mostram claramente que a Corrente do Atlântico Norte é agora a Corrente do Golfo e começa a quebrar distante, aproximadamente há 250 km de Outer Banks da Carolina do Norte . O Sistema Circulatório Termoalina , onde a corrente de água quente flui através de um cooler muito, muito maior , o oceano , os efeitos da alta atmosfera sobre o atual tanto quanto sete quilômetros de altura. A ausência deste efeito normal no leste do Atlântico Norte interrompeu o fluxo normal da atmosfera neste verão , causando as altas temperaturas inéditas em Moscou (104F) e da seca, e as inundações na Europa Central, com temperaturas elevadas em grande parte da Ásia e inundações maciças na China , Paquistão e outros países da Ásia .

Os dados mais recentes continuam a mostrar uma morte de todo o sistema de circulação termohalina no Oceano Atlântico. Isso é indicativo do fato de que os dispersantes usados para manter o óleo no fundo do mar e de acordo com a maioria dos relatos, permanecem em quantidade quase completa (80 %), muiter causado o óleo para permanecer no local abaixo da superfície, e de acordo com a maioria dos relatos permanecem em quantidades quase completa (até 80 %) no fundo do oceano. Como não há uma corrente para remover esta enorme quantidade de fluxo livre de óleo abaixo do mar em profundidades de até uma milha de profundidade, que está apto a continuar a levar a efeito uma recuperação natural da circulação sistema termoalina.

Então, o que significa isto?

Violenta mistura das estações, as deficiências de safras e aumento da seca e das inundações em diversos lugares, o que já é notícias do dia a dia, desde o 20 de abril de 2010. Eles mataram o macapasso cardíaco do clima mundial, diz o Dr. Zangari. O Dr. Mike Coffman PhD climatologista recurso geólogo , eo Dr. Tim Ball climatologista PhD confirmaram que, se esses dados estão correctos , que uma idade do gelo e mudança climática maciça com fome é iminente .

Estamos vendo agora que a Rússia rompeu toda a entrega de trigo em contratos anteriores , e mais fontes de culturas alimentares em todo o mundo se movendo em uma crise de fome. A Corrente do Golfo e correntes relacionados está efetivamente morta . Isso deve irritar o público e trazer cientistas para desafiar e apoiar os dados e análises , as consequências para a civilização e o colapso ecológico global tem como conseqüência, produzir fome , morte e migração em massa da população para fora de zonas do avanço da idade do gelo e das regiões impróprias para a habitação humana .

Vamos começar os fatos e chamar as empresas e o governo a tarefa sobre estas questões agora ou teremos catástrofes de proporções bíblicas. Vamos continuar a comunicar com os novos peritos científicos sobre o desastre mais importante.

Atual da superfície do mar dados de satélite mostram a temperatura pré- resfriamento contínuo

O “processo” de entrar em uma nova Era Glacial pode começar a vir em cima de nós com força total ( mais ou menos como no filme “O Dia Depois de Amanhã ” ) a qualquer momento , ou pode demorar de três a cinco anos para desempenhar plenamente a glaciação com início na América do Norte , Europa e Ásia neste inverno ( ambos os modelos têm existido nos primórdios de diferentes idades de gelo no passado da Terra).

Uma nova Idade do Gelo , poderia matar dois terços da raça humana no primeiro ano de início rápido , um início mais lento provavelmente mataria perto deste número, mas simplesmente levaria um punhado de anos mais !

Obrigado BP ; Obrigado Presidente Obama, as mentiras e os dispersantes foram simplesmente ótimo. Agora, se você poderia apenas dirigir todo o ar quente para os locais certos , talvez nós possamos evitar um inferno gelado no nosso futuro próximo.

Setembrode 2010: A Europa está entrando em um inverno adiantado, com queda de neve nos Alpes vindo um mês antes, meio metro de neve no final de agosto , na Noruega. Além disso, o gelo do mar , na Antártida está em níveis quase recordes, e agosto foi o mais frio no Sul da Austrália em 35 anos; Este é um indicativo de uma grande mudança climática para o planeta inteiro e é esperado a partir da morte do sistema de circulação termoalina do sistema no Oceano Atlântico.

Abaixo, a velocidades da corrente em 22 de agosto de 2010

 

Pintando o mundo de luz

Padrão

Imagine só: Quando você olha para um objeto vermelho – como um tomate, por exemplo – ele parece vermelho porque os átomos que formam o tomate absorvem todas as cores do espectro luminoso menos o vermelho. O mesmo vale para o verde das plantas. As plantas são verdes porque, no processo de fotossíntese, os átomos das folhas absorvem e utilizam a energia de todas as cores do espectro luminoso, menos a verde.

Ou seja: nós enxergamos as cores que são “rejeitadas” pelos objetos, e não o contrário. O tomate não é vermelho porque absorve luz vermelha. Ele é vermelho porque essa é frequência de cor que ele reflete (“rejeita”) e que chega até os nossos olhos. Curioso, não é?

As folhas das plantas, por sua vez, gostam de radiação vermelha, que é bem abundante, e de radiação azul, que é mais energética. A luz verde não é nem muito abundante nem muito energética, então não presta para muita coisa e acaba sendo refletida, ou dispensada. Por isso a Amazônia é verde. Se as plantas tivessem evoluído de maneira diferente, e a estrutura molecular da clorofila fosse um pouco diferente, talvez elas refletissem o vermelho em vez do verde, e a Amazônia teria cor de tomate.

A luz visível que chega do Sol e que ilumina a Terra para nós é sempre a mesma: luz branca. Assim esbarramos em um outro contrassenso ilusório: a luz branca parece ser uma cor “vazia”, mas, na verdade, é a mais completa de todas. É a luz que contém todas as cores do espectro luminoso, que você percebe quando ela é espalhada por um arco-íris ou passada através de um prisma.

Cada cor é uma forma de radiação luminosa com uma frequência de onda específica, que varia entre 400 e 700 nanômetros, desde o violeta até o vermelho. As cores dos objetos que enxergamos depende de como os átomos desses objetos interagem com as diferentes frequências (cores) desse espectro luminoso. As frequências que são absorvidas “somem”. As que são refletidas são as que chegam aos nossos olhos e que dão cores às coisas.

Um objeto branco, como o laptop no qual estou escrevendo esse artigo, é um objeto que reflete todas as cores e não absorve nenhuma. Já um objeto preto é aquele que absorve todas as cores e não reflete nenhuma. É por isso que uma camiseta branca resfria e uma camiseta preta esquenta quando você está no sol. A preta absorve todo o espectro luminoso e esquenta o seu corpo, que está por baixo dela. A branca reflete todo o espectro luminoso e ilumina quem estiver a sua volta.

Pense nisso a próxima vez que olhar para um tomate, a floresta amazônica…. ou qualquer coisa.

Fonte : Herton Escobar

Jornalista bate Ferrari FF em vídeo

Padrão
A avaliação em vídeo tinha tudo para se tornar uma obra prima, uma vez que o personagem principal se tratava do novo Ferrari FF, primeiro modelo com tração 4×4 da marca, lançado no Salão de Genebra, no começo deste mês.

A meio da gravação, no entanto, o jornalista da publicação inglesa Car Magazine, que estava a fazer a avaliação, bate em qualquer coisa com o carro. Desesperado, desce para ver o que aconteceu e liga para alguém, inconformado com a colisão.

Resta só a curiosidade de saber se o estrago foi muito grande…