Estranhas emissões solares estão a causar mutação de matéria

Padrão

Evidências estão a surgir de que algo potencialmente perigoso está a acontecer no núcleo oculto do Sol: partículas nunca antes vistas ou alguma força misteriosa está a sair do Sol e a atingir a Terra.

Seja o que for, a evidência sugere que isto está a afetar toda a matéria.

Laboratórios em todo o mundo têm confirmado que a taxa de decaimento radioativo – que se pensava ser uma constante e um alicerce da ciência – não é mais uma constante. Algo emitido pelo sol está a interagir com a matéria de forma estranha e desconhecida, com potencial surpreendente para mudar radicalmente a natureza da própria Terra.

A mutação pode ir tão longe que poderá mudar a realidade subjacente do universo quântico – e por extrapolação – a natureza da vida, os princípios da física, talvez até mesmo o fluxo uniforme de tempo.

De fato, algumas evidências de dilatação do tempo foram inferidas a partir de uma observação rigorosa da taxa de decaimento. Se as partículas que interagem com a matéria não são a causa – e a matéria está a ser afetada por uma nova força da natureza – então o tempo pode acelerar a si mesmo e não há nenhuma maneira de pará-lo.

Uma vez que o núcleo do sol é conhecido por emitir fluxos contínuos de partículas chamadas neutrinos, alguns cientistas estão a tentar encontrar evidências de que os neutrinos são os culpados por trás da mutação da matéria.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s