Pele humana à prova de bala

Padrão

Pele humana à prova de bala

 

 

Pele feita de tecido humano com proteína da teia da aranha retirada de leite de cabra resiste a tiro de calibre 0.22// Crédito: Reprodução

PROJETO ENVOLVE ALTERAÇÃO GENÉTICA EM CABRA PARA PRODUZIR LEITE COM PROTEÍNA DA TEIA DA ARANHA.

Se a cientista Jalila Essaidi não está a conduzir a experiência mais exótica da atualidade, ela anda muito próxima disso.
A sua experiência consiste em alterar geneticamente cabras para que produzam leite que contenha a proteína presente na teia da aranha.
O próximo passo é retirar do leite essa proteína e tecer uma fibra que é dez vezes mais resistente que o aço.
Essa fibra é atada por células humanas.

E assim, temos um tecido humano que é capaz de resistir a tiros.
O objetivo final do projeto, que se chama 2.6g 329m/s (peso e velocidade de uma bala de uma arma calibre 0.22) é substituir a queratina da pele por essa proteína presente na teia da aranha e fazer com que o ser humano seja à prova de bala. Impressionante, não?


Fonte: Revista Galileu

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s