Relevo do Fundo do Mar Sobe à Superfície na Rússia

Padrão

>

Nas proximidades da Península de Taman uma “Nova Terra” emergiu do movimento e mudança das placas tectônicas.
O Fenômeno natural surpreendente foi documentado nos últimos dias.
Enormes camadas de lodo, barro e pedra aumentaram em cerca de 5 metros acima do nível mar de Azov, no distrito de Temryuk região de Krasnodar, formando uma península.

Os cientistas sugerem que a causa das “Terras Novas” têm sido o despertar de vulcões de lama e sismólogos estão cuidadosamente a calcular a probabilidade de terremotos na região, argumentando que a população não tem motivos para pânico.
A enorme faixa da crosta, com 800 metros de extensão e 50 metros de largura, literalmente, cresceu no mesmo local onde, à uma semana atrás, estava o Mar de Azov. A descoberta foi feita por moradores locais, que imediatamente chamaram as autoridades e geólogos.

Especialistas afirmam, que por vários dias, o fundo do oceano cresceu em torno de 5 metros acima do nível do mar.
A “nova terra” consiste de uma mistura sólida de barro, pedras, formações tectônicas e todos os detritos marinhos, mas nada como isso, aconteceu em Taman antes.
Enquanto os cientistas têm especulado para construir uma hipótese diferente, sismólogos acreditam que sob a influência de mais forças desconhecidas, as placas tectônicas começaram a convergir e pressionar uma camada de argila.
A pressão, o que poderia pôr em marcha um volume de solo, de acordo com estimativas conservadoras, foi igual a 24 milhões de toneladas. No entanto, ainda não está claro, por que um processo subterrâneo poderoso, não foi medido e detecatado com equipamento especial, levando o monitoramento contínuo do movimento crostal.

O sismologista chefe, Vladimir Fomenko, disse: “Normalmente, acompanhando perturbações tectônicas, acontece o aumento dos níveis de gás radônio, no entanto, neste caso, os níveis de radônio são normais, portanto, ainda não podemos dizer com certeza o que realmente aconteceu”.

Atualmente, os cientistas estão a acompanhar de perto, o fenômeno, para quaisquer alterações nas indicações e dispositivos, que continuam a procurar uma resposta, para a pergunta sobre o que causou o levantamento do fundo do mar para a superfície.

Tradução e adaptação: A.Mace e Lennoy
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s